Um grupo de indivíduos apaixonados pela simplicidade orgânica das estruturas geodésicas, como Domes e Zomes, juntaram-se em Outubro de 2012 para se dedicar à construção de um dome a solo. Utilizando material reciclado, força de vontade e entusiasmo criaram um dome rústico e natural que sai das convenções estéticas, harmonizando-se com o espaço envolvente.

Simão Segurado, com formação em permacultura e construção natural, tal como Super Adobe, COB, Canas e Cordwood, participou na construção de dois domes de 6 metros de diâmetro e ficou inspirado para iniciar este projeto.Foi então que em Outubro de 2012, juntamente com amigos enveredaram nesta aventura de criar um projeto de Domes geodésicos.

A facilidade de construção, diversidade de aplicações e beleza da estrutura, motivou-os a divulgar os domes geodésicos rústicos como opção a várias estruturas metálicas e industrializadas, que tornam estéril e frio qualquer ambiente; e a ensinar tudo o que sabem sobre domes a quem esteja interessado em construção natural e sustentável de baixo custo.

  • Fazer mais com menos, seguindo os princípios da geometria energético-sinergético
  • A genialidade da simplicidade

“You never change things by fighting the existing reality. To change something, build a new model that makes the existing model obsolete.”